quarta-feira, 12 de junho de 2013

Gelo seco pode ter gerado sulcos em dunas de Marte, diz Nasa

Gelo seco pode ter gerado sulcos em dunas de Marte, diz Nasa

Estudo sugere que blocos de CO2 congelado deslizaram pelas dunas.
Agência espacial pondera que sulcos possuem largura constante.

Do G1, em São Paulo
Sulcos lineares possivelmente causados pelo deslizamento de gelo seco (Foto: Divulgação/Nasa/JPL-Caltech/Universidade do Arizona)Sulcos lineares possivelmente causados pelo deslizamento de gelo seco em duna de Marte (Foto: Divulgação/Nasa/JPL-Caltech/Universidade do Arizona)
Um estudo da agência espacial americana (Nasa) divulgado no site da agência nesta terça-feira (11) indica que blocos de CO2 congelado - popularmente conhecido como gelo seco - podem ter deslizado por dunas de areia em Marte e criado longos sulcos no terreno.
O processo explicaria a formação das grandes marcas nas dunas, cujas imagens foram feitas pela sonda espacial Mars Reconnaissance Orbiter, afirma a agência espacial.

"Sempre sonhei em ir para Marte", disse a pesquisadora Serina Diniega, da Nasa, autora da pesquisa publicada sobre os sulcos na revista científica "Icarus". "Agora sonho em praticar snowboarding por uma duna de areia de Marte sobre um bloco de gelo seco", brincou ela, durante entrevista ao site da agência espacial.
As ranhuras nas dunas de Marte parecem ter largura constante de alguns metros, com as bordas elevadas, diz a Nasa. Seria mais um sinal de que foram causadas por dióxido de carbono congelado.
Ao contrário de sulcos causados pelo fluxo de água na Terra, que causam erosão, as ranhuras em Marte não apresentam acúmulo de detritos em seu final. Em vez disso, na maioria dos casos são vistos poços no fim dos sulcos, pondera a agência espacial.
"Este processo não aconteceria na Terra. Você não pode conseguir blocos de gelo seco a menos que compre por aqui", disse Diniega.
Imagens captadas pela Nasa mostram dunas de areia marcianas cobertas por camadas de CO2 congelado durante o inverno. Os sulcos lineares avisados pela sonda espacial estão localizados em algumas destas dunas. Comparando imagens de diferentes períodos de estações climáticas em Marte, os cientistas determinaram que as ranhuras são formadas normalmente durante o começo da primavera.