quarta-feira, 12 de junho de 2013

BP Angola (British Petroleum) Apresentou nesta quarta-feira 12-06-2013 o projecto PSVM a estudantes universitários

A BP Apresentou nesta quarta-feira 12 de Junho de 2013 o projecto PSVM nos espaços do Museu de História Natural - Luanda


O PSVM é o maior projecto de águas ultra-profundas de África e a maior infra-estrutura submarina do mundo.

A produção do PSVM é efectuada a partir de um FPSO - Um navio de produção, armazenamento e descarga - convertido a partir de um super petroleiro.

O projecto PSVM tem uma das maiores proporções de conteúdo da indústria nacional, com várias componentes construídas em Angola, tais como tubagens, cabeças de poços, tanques de flutuação, entre outros.

Onde se localiza e em que consiste o Bloco 31

A produção de petróleo em Angola está concentrada em três sectores no offshore: águas pouco profundas, águas profundas e águas ultra-profundas.

Os blocos 31 a 40 encontram-se em águas ultra-profundas, os campos Plutão, Saturno, Vénus e Marte localizam-se no bloco 31 a profundidades de 1.780 a 2.030 metros.

O bloco 31 possui 5.349 km2, uma área do tamanho de Brunei e está a 321 km de Luanda.
O governo de Angola, através da empresa petrolífera estatal, a Sonangol, como concecionária, concedeu permissão à BP para partilha da exploração e da produção para o Bloco 31 em Maio de 1999.



Bloco 31 campos em produção (Plutão, Saturno, Vénus e Marte)


  






Veja abaixo algumas fotos relacionadas a exposição.

Estudantes de Geologia da Universidade Técnica de Angola na Exposição da BP projecto PSVM