segunda-feira, 15 de julho de 2013

PROVA DE EXAME DE SEDIMENTOLOGIA 2013 "RESOLVIDA"



1.a) Fala das quatro fases fundamentais da génese de um sedimento.
R: A génese de um sedimento compreende:
1º Meteorização (intemperismo) – Agentes físicos, biológicos ou quimicos actuam sobre a rocha, alterando a sua estrutura e composição.
2º Erosão – É a remoção dos produtos do intemperismo.
3º Transporte – A seguir os sedimentos são transportados (por: vento, água, ou outro elemento), até o local ideal para se depositarem.
4º Deposição – Aqui forma-se o depósito e os sedimentos começam a transformar-se em rochas sedimentares.
b) Como classifica as estruturas sedimentares em relação a diagênese (Explique)
R: Em relação a diagénese as estruturas podem ser classificadas em:
- Primárias (singenéticas): São processos formadores de sedimentos logo após a sedimentação ou logo após a deposição.
Ex: Estratificação cruzada e marcas de ondas.
- Secundárias ou epigenéticas: São processos formadores logo a seguir a deposição do sedimento.
Ex: Concreções (carapaças de animais)
c) Na classificação geral dos materiais sedimentares, a partir da caracterização do transporte, quando é que temos material alóctone e autóctone?
R: Temos material alóctone quando houve transporte mecânico, ou seja, o sedimento teve origem num lugar diferente de onde se depositou.
- Temos material autóctone quando o sedimento se deposita no lugar onde se formou (in situ).

2.a) Dentro da era Cenozóica, refira-te aos fácies representativos do Eocénico; Oligo-Miocénico e Plio-Quaternário das duas principais bacias de Angola (Congo e Kwanza), com exemplos.
R: - Fácies representativos do Eocénico: Devido às lacunas é dificil reconhecer os fácies eocénicos na Bacia do Congo.
- Na bacia do Kwanza encontramos: fácies de pouca profundidade, como a FORMAÇÃO CUNGA, de margas castanhas, com foraminífieros e outros micro-organismos pelágicos.
- Fácies representativos do Oligo-Miocénico: Especialmente representados na Bacia do Congo (o Oligocénico falta na bacia do Kwanza), caracteriza-se por progradações de sedimentos silto-argilosos na direcção Leste da bacia, nos quais se encontram sequências turbidíticas. Nesta bacia os depósitos de sedimentos clásticos em ambiente marinho são discordantes sobre os do Cretácio-Paleocénico.
Existem também fácies de pouca profundidade nas margens ou durante os períodos de regressão, e fácies pelágicos.
As areias turbidíticas podem ser bons reservatórios de petróleo.
Na bacia do Congo, os fácies representativos da FORMAÇÃO MALEMBO, de argilas com intercalações de siltes e grés e os fácies turbidíticas representam variações laterais mesma idade.
Na bacia do Kwanza temos  como exemplo um QUIFANGONDO, de margas com intercalações siltosas, ricas em foraminíferos, um QUIFANGONDO com indicações de menor profundidade (intercalações calcárias e calcário-gresosas lumachélicas).
Há a FÁCIES LUANDA, quer de maior profundidade (margas castanhas com foraminíferos), quer de menor profundidade (areias litorais e grés com conchas).
A FORMAÇÃO CACUACO aparece-nos com calcários, algas, equinodermes e bivalves, bem como calcarenitos.
- Fácies representativo do Plio-Quaternário
As amostras que encontramos são representativas dos fácies continentais, com argilas vermelhas, areias e grés ferruginosos.
Trata-se de fácies Cirques (Congo) e Quelo (Kwanza).
b) De forma geral qual é a importância do estudo das bacias sedimentares?
R: De forma geral é importante estudar as bacias sedimentares, porque é nelas que se formam diversos tipos de rochas e minerais, muitos dos quais se constituem recursos económicos muito importantes para qualquer nação.
c) O conhecimento das propriedades das argilas cresce e traduz maior interesse com perspectivas de tornar-se o principal recuso mineral do século XXI, ao lado da água subterrânea e do petróleo. Refira-te a estas propriedades específicas e respectivas aplicações tecnológicas.
R: As argilas possuem propriedades específicas de conductividade, e densidade que lhes confere as aplicações tecnológicas na indústria electrónica, na construcção civil e na engenharia aeronáutica.
3. Lembrando a apresentação genérica de rochas sedimentares com a indicação dos seus componentes:
a) Identifique, descreva e diga a que grupos pertencem os componentes representados no desenho abaixo.

1 - Matriz: componente deposicional, compreende o material clástico mais fino.


2 - Cimento: componente diagenético
3 - Arcabouço: : componente deposicional, que corresponde a fracção clástica principal, e as fracções mais grossas que a fracção clástica.
4- Matriz: componente deposicional, compreende o material clástico mais fino.




 
b) No estudo de rochas sedimentares, o conceito de textura refere-se às propriedades físicas da partícula (sedimento). Quais as três propriedades texturais clássicas que estudou? (Descreva-as)
R: - Propriedades Geométricas (tamanho, forma e o arranjo dos elementos que compõem a rocha sedimentar),
- Granulometria (Propriedade descritiva da textura)
- Arredondamento (Propriedade descritiva da textura)