terça-feira, 30 de julho de 2013

Métodos estratigráficos


Para analisar as unidades rochosas e estabelecer correlações estratigráficas são utilizados métodos estratigráficos, estes podem ser físicos, químicos ou ainda paleontológicos.
Segue-se uma lista de alguns métodos físicos e químico, e a descrição de alguns deles.
Métodos físicos:
Depósitos de varvas Varvas são depósitos sedimentares finos, ritmicos. São constituídas por uma alternância ritmica de níveis sedimentares mais escuros e mais claros. A cor está relacionada com o teor em matéria orgânica, tornando-se mais escura quanto maior for o teor em matéria orgânica. Esta alternância reflecte a sazonalidade Verão (níveis mais claros) / Inverno (níveis mais escuros).
Dendrocronologia – A dendrocronologia utiliza os anéis das árvores como marcadores de tempo.
Radiocronologia ou cronologia isotópica - Datação absoluta, é feito pelo de estudo de elementos isótopos, no processo de decaimento radioactivo.
Magnetostratigrafia – A Magnetostratigrafia é o método físico que faz o estudo das características magnéticas das rochas de diferentes idades (paleomagnetismo), permitindo concluir acerca da polaridade do campo magnético terrestre aquando da sua formação, sabendo que ciclicamente há inversões de polaridade no campo magnético do nosso planeta.
Diagrafias (Resistividade, Potencial Espontâneo, "Gamma Ray", etc.)
Estratigrafia Sísmica - A estratigrafia sísmica consiste na emissão, recepção e registo de ondas que atravessam o material. Este corresponde de maneira diferente conforme a sua estrutura e constituição. Assim, é possível identificar estruturas constituintes do subsolo.
Termoluminiscência – A termoluminescência é a emissão de luz em resultado do aquecimento dos minerais em baixa temperatura, entre 50º e 475°C, sendo inferior à temperatura de incandescência. Através da comparação da intensidade de radiação nuclear (raio excitante) com a da termoluminescência recuperada, pode-se determinar a idade do último evento térmico (aquecimento) do mineral. Este método é útil para a vulcanologia.