quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Gaseificação de carvão: o futuro da África do Sul



Segundo o CEO da Exxaro, Sipho Nkosi, uma importante fonte futura de energia na África do Sul virá da gaseificação “in situ” dos depósitos subterrâneos de carvão. O processo é o de extrair os gases de camadas de carvão muito profundas que entram em combustão artificial. Essas camadas de carvão queimam e os gases são levados até as plantas de tratamento que os transformam em gasolina, uréia e outros subprodutos. A gaseificação do carvão está tendo adeptos em vários lugares do mundo e, na África do Sul será utilizada para alimentar plantas de geração de eletricidade e para a conversão do gás em gasolina e fertilizantes.