terça-feira, 13 de agosto de 2013

A caverna dos gigantes: uma das maravilhas do nosso planeta

A caverna dos gigantes: uma das maravilhas do nosso planeta
Chihuahua é conhecida por muitos como um pequeno cachorro. No entanto, no  mundo geológico Chihuahua será sempre lembrada pela descoberta, em seu  território, da caverna dos Cristais Gigantes, feita abaixo da  mina de chumbo-zinco e prata de Naica.
A descoberta feita pelos geólogos da mina em 1910, que estavam prospectando  ao longo da falha de Naica, foi extraordinária: uma caverna a 300m da  superfície, totalmente submersa, com cristais de selenita (gipsita pura) de até  12 metros de comprimento. Uma verdadeira caverna de gigantes conhecida como a  Caverna dos Cristais de Naica.
A Caverna dos Cristais Gigantes, uma das quatro cavernas descobertas abaixo  da Mina de Naica é, sem dúvida uma das maravilhas da geologia do planeta.

caverna dos cristais
Foto extraordinária mostrando os  exploradores do Projeto Naica, com roupas especiais, que permitem a  sobrevivência em temperaturas de 40-50 graus, em contraste com os  cristais gigantes de selenita- Fonte The Naica Project



caverna dos cristais
Os Cristais de Naica


Caverna dos Cristais
Em primeiro plano o explorador Alexander  Van Driessche e no fundo os cristais gigantes
A primeira descoberta, feita em 1910 foi denominada de Caverna das Espadas.  Desta caverna foram extraídos mega-cristais expostos em vários museus do mundo.  Somente 100 anos depois que foram descobertas mais três cavernas chamadas de  Rainha, das Velas e a espetacular Caverna dos Cristais.
Os cristais de Naica foram formados em condições especiais quando águas  termais (50-52 graus C) ricas em enxofre entraram em contato com águas mais  frias, ricas em oxigênio que estavam se infiltrando pelas fraturas. Essas  condições prevaleceram por milhares de anos o que permitiu a formação desses  imensos cristais de sulfato de cálcio (selenita) entre outros cristais que  atapetam as cavernas.
As principais expedições feitas às Cavernas de Naica ocorreram durante o  Projeto Naica entre 2006 a 2008 e congregou um time de especialistas  representando várias entidades. Foram 12 visitas em 2 anos de trabalho o que  gerou trabalhos de grande relevância nas áreas da geologia, mineralogia,  cristalografia, microbiologia, geoquímica, espeleologia, inclusões fluídas,  palinologia,fisiologia e medicina.
A Caverna dos Cristais é, hoje, considerada como patrimônio Mexicano e só  pode ser visitada, ocasionalmente, por cientistas. Esta caverna está sendo  mantida seca artificialmente para permitir a visita dos cientistas e geólogos.  No entanto as cavernas serão todas inundadas para que os cristais sejam  preservados e que possam voltar a crescer quando as condições do meio ambiente  forem restabelecidas.