sábado, 11 de maio de 2013

Questões de Geologia Geral - Ensino Médio 11º Ano



Questões de Geologia Geral
Grupo 1. Introdução – Noção de Geologia

1.         A geologia é uma ciência com um corpo de conhecimento próprio, mas que recebe o contributo de outras ciências para a compreensão dos fenómenos geológicos.

1.1.    Refira duas dessas ciências.

1.2.    Fundamente a sua resposta dando exemplos concretos dessa contribuição

2.         Leia atentamente o texto seguinte, sobre a importância da Geologia.
A construcção de certo tipo de estruturas, como pontes, barragens, túneis, etc..., depende principalmente, do local onde vão assentar as suas fundações. O conhecimento da natureza das rochas, a eventual presença de fracturas condicionam a escolha do local onde deverão ser instaladas aquelas fundações. Também na previsão de custos em obras de engenharia, como a preparação de fundações, traçados de estradas e de caminhos-de-ferro, é indispensável estudar os materiais geológicos com que iremos confrontar-nos. A eventual necessidade da consolidação de taludes ou a prevenção de abatimentos de vias decomunicação implicará, certamente, encargos acrescidos. As investigações geológicas assumem, assim, um papel muito importante, ao fornecer indicações valiosas sobre os materiais geológicos que constituem uma dada região e osprocessos da geodinâmica que sobre eles actuam. Não ter em conta essas informações acarreta, geralmente, grandes despesas extras para corrigir os erros cometidos e, muitas vezes, catástrofes, com perda de vidas.
2.1.    Refira, de acordo com o texto, a importância da geologia ao nivel da economia de um país.
2.2.    Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.
Para o trabalho de prospecção geológica numa dada região é fundamental a realização de....................................
A - ...........aterros.
B -............sondagens.
C - ...........barragens.
D - ...........ensaios nucleares.

2.3.    Seleccione a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma afirmação correcta.
As informações geológicas permitem_______________os encargos associados à implantação de uma dada estrutura numa região e________________a ocorrência de catástrofes.

A - ....aumentar [....] potenciar
B - ....diminuir [....] potenciar
C - ....diminuir [....] evitar
D - ....aumentar [....] evitar

3.         Em Angola, as indústrias  extractivas sã um dos sectores económicos que mais contribuem para o produto interno bruto do país (PIB).
Indique o tipo de recurso geológico em território angolano e fundamental para o PIB nacional.

Grupo 2. Estrutura da Terra

1.    Complete as frases que se seguem, fazendo corresponder às letras os termos adequados.
1.1.        O Sistema Solar é formad pelo Sol, ____A____, ____B____, e asteróides.
1.2.        A versão reformulada da teoria ___A___, é a mais aceite para explicar a origem do sistema solar.
1.3.        Os planetas resultaram da ____A_____, de pequenos corpos chamados _____B______.
1.4.        A diferenciação do planeta Terra resultou de três fontes de energia calorífica resultante do impacto de ____A____, da compressão e da presença de ___B_____.
2.    Na figura [60] estão representados dois sismogramas registados em duas estações, A e B. O gráfico anexo relaciona a diferença de tempo de chegada das ondas P e S com a distância epicentral.


 2.1.        Sabendo que as ondas P e S se originaram no foco ao mesmo tempo, como explica que cheguem às estações consideradas em tempos diferentes?

2.2.        Qual das estações, A ou B, está mais próxima do epicentro?
2.2.1.   Justifique a sua resposta com base nos dados.
2.3.        Calcule a distância epicentral dessa estação com base nos dados do gráfico.
2.4.        Qual o tipo de ondas que provoca maior destruição?
2.4.1.   Justifique a sua resposta.
2.5.        Das ondas consideradas no sismogramas, indique aquelas que são:
A – de compressão;
B – Transversais;
C – mais rápidas;
D – mais lentas;
E – superficiais;
F – causadoras de alterações de volume dos materiais.

2.6.        A estação B situa-se:
A – entre o epicentro e a zona de sombra.
B – na zona de sombra.
C – depois da zona de sombra.
D – em qualquer ponto da superfície relativamente ao sismo considerado.
(Seleccione a opção correcta)
2.6.1.   Justifique a escolha que efectuou.

2.7.        Com base na interpretação de sismogramas, pode-se avaliar:
A – a intensidade do sismo.
B – a magnitude.
C – a intensidade e a magnitude.
D – o número de vítimas.
(Seleccione a opção correcta)
2.7.1.   Quais os dados do sismograma que são utilizados para fazer a avaliação considerada na alínea anterior?
3.    No gráfico da figura [61] está representada a variação da velocidade das ondas S até a profundidade de 400 km.

3.1.        Justifique, com base nos dados, que até a profundidade considerada no gráfico a Terra tem constituição essencialmente sólida.
3.2.        Descreva a variação da velocidade das ondas até a profundidade de 200 km.
3.3.        Como é interpretada a variação da velocidade observada entre os 80 e os 300 km de profundidade?
3.4.        Como se designa a zona considerada na alínea anterior, atendendo ao comportamento físico dos materiais?
3.5.        A região da Terra exterior ao topo superior da referida zona designa-se:
A – crosta continental.
B – descontinuidade de Mohorovicic.
C – litosfera.
D – crosta oceânica
(Seleccione a opção correcta)
4.    Na figura [62], A e B mostram-lhe, respectivamente, a localização da zona de sombra, para um dado sismo, e uma explicação provável para a sua existência. Observe ambas com atenção.


 4.1.        A zona de sombra que se esquematizou refere-se:
A – às ondas P.
B – às ondas P e S.
C – às ondas S.
D – às ondas L.
(Seleccione a opção correcta)
4.2.        A zona de sombra assinalada na Terra é sobretudo uma consequência:
A – da presença do núcleo
B – do mecanismo de propagação das ondas.
C – da existência de descontinuidade.
D – da existência de material no estado líquido.
(Seleccione a opção correcta)
4.3.        Mencione o comportamento das ondas P e S a partir da profundidade de 2900 km.
4.4.        Por que motivo os raios sísmicos se apresentam curvos, com a convexidade voltada para o interior da Terra?
5.    Observe atentamente os gráficos I e II da figura [63]. No gráfico II estão assinaladas duas zonas estruturais da Terra.



5.1.        Como varia a pressão com a profundidade?
5.2.        A que profundidade a densidade é mais elevada?
5.3.        Por que razão se pode concluir que o aumento da densidade não é concordante com o aumento da pressão, em função da profundidade?
5.4.        Quais as superfícies de descontinuidade que delimitam a zona A?
5.5.        Pensa-se que a zona estrutural B assinalada no gráfico II é constituída por:
A – silício e alúminio
B – magnésio e silício.
C – ferro e algum níquel.
D – óxidos densos,
E – calcário e gneisse.
(Seleccione a opção correcta)

Grupo 3 - Constituição da Terra

1. A Figura [52] representa um conjunto de fenómenos que ocorrem no ciclo geológico.





1.1. Faça corresponder as letras do esquema aos seguintes termos:
1 - Orogénese;
2 - Rochas plutónicas;
3 - Erosão
4 - Magmas
1.2. Com base nos dados da figura refira um ciclo de transformações que as rochas sedimentares podem experimentar.
1.3. Em que consiste o ciclo litológico?

2. Nas questões que se seguem, substitua as letras pelos termos que considere mais correctos.
2.1. No ciclo geológico, na fase de_____A_____, formam-se cadeias de montanhas. A essa fase segue-se uma intensa____B____ e, posteriormente, uma fase de formação de novas rochas.
2.2. O ciclo geológico inclui um outro ciclo, chamado ____A____,
2.3. Os minerais são corpos __A_____, cristalinos, _____B_____, e com composição quimica definida.
2.4. Todos os minerais têm textura ____A____, e podem ser cristais ____B_____, quando possuem faces, ou ____C______, se não apresentarem formas poliédricas.
2.5. Na determinação da dureza dos minerais, habitualmente, utiliza-se a escala de ______A______.

3. Os cristais são corpos:
A - que apresentam sempre forma poliédrica
B - com textura interna ordenada
C - formados exclusivamente por iões
D - com textura observável a vista desarmada
E - constituídos por redes tridimensionais.
(Seleccione as afirmações correctas)

4. Os minerais alocromáticos geralmente apresentam:
A - risca negra
B - risca incolor
C - risca da cor do mineral
D - risca verde-escura
(Seleccione a opção correcta)

5 O quadro seguinte regista propriedades caracteristicas de alguns minerais muito vulgares na crosta terrestre.



Propriedades
Mineral
Ortóclase
Quartzo
Moscovite
Clivagem
Fácil em duas direções quase perpendiculares
Não Tem
Clivagem fácil em lâminas finas e flexíveis
Dureza
6
7
2,5
Cor
Branco-rosada
Incolor, Branca...
Incolor ou branca
Risca
Branca
Branca
Branca
Densidade
2,5
2,6
3
Brilho
Vítreo
Vítro-gorduroso
Nacarado




5.1. Qual o significado da expressão a dureza da moscovite é igual a 2,5?
5.2. Qual dos minerais referidos no quadro é riscado pelo canivete?
5.3. Como classifica estes minerais relativamente a cor?
5.4. Como explica a clivagem fácil da moscovite?

6. Um aluno tinha 2 amostras de minerais, A e B, para identificar.
6.1. Em primeiro lugar, tentou riscar as amostras mutuamente, tendo verificado que:

- A deixava sulco em B
- B não deixava sulco em A
Que conclui sobre a dureza relativa dos dois minerais?

6.2. Verificou ainda que A sulcava um vidro, enquanto B não.
Que conclusão pode tirar quanto a dureza, em relação aos termos da escala de Mohs;

6.3. Prosseguindo os ensaios verificou que:
- A risca e e riscado pelo termo 7 da escala de Mohs;
- B risca o termo 3, não sendo riscado por ele; B é riscado pelo termo 4, não o riscando.
Qual a dureza dos minerais A e B?

7. Os jazigos minerais originam-se a partir de processos geológicos, concentrando os elementos quimicos com maior interesse económico em teores e tonelagens que viabilizam a sua exploração.
7.1. Estabeleça a correspondência correcta entre cada um dos algarismos da COLUNA I (descrições de jazigos minerais) e uma letra da COLUNA II (classificação de jazigos quanto a génese).



Coluna I
Coluna II
1 – Jazigos de cromite formados essencialmente de materiais em fusão a temperaturas supeirores a 1000⁰ C.
A – Jazigos de segregação
2 – Jazigos de diamantes existentes em leitos de rios.
B – Jazigos hidrotermais
3 – Jazigos de cobre e zinco gerados a partir de águas aquecidas por magmas.
C – Chaminês quimberlíticas
4 – Jazigos diamantíferos que ocorrem sob a forma cónica, resultantes de violentas explosões vulcânicas
D - Placers


7.2. Indique, de entre o tipo de jazigos descritos na COLUNA I, aquele que corresponde a uma das principais formas de exploração diamantífera em Angola.

7.3. Numa dada região, uma ocorrência mineral contendo zinco apresenta uma concentração de 70 ppm.
Explique por que razão não é rendível a exploração do cobre naquela região sabendo que o seu clarke
é de 70 ppm.

7.4. Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte:
Nas minas de crómio e estanho, procede-se à extracção de...
A - minérios, tendo em vista a produção de metais.
B - metais, tendo em vista a produção de minérios.
C -gangas, tendo em vista a produção de minérios.
D - minerais, tendo em vista a produção de gangas.

7.5. 7.4. Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte:
Para além do factor de concentração, a viabilização de uma exploração mineira metálica é condicionada sobretudo...
A - ... pela época metalogénica.
B - ... pelos processos metalogénicos
C - ... pelo tipo de aproveitamento que se pode fazer do estéril.
D - ... pela forma maciça ou pela forma disseminada como ocorre o minério.

7.6. Refira dois aspectos concretos de impacte ambiental negativo provocado, por vezes, por actividades mineiras.

Grupo 4 - Geodinámica Interna - Metamorfismo

1. Complete as frases fazendo corresponder a cada letra o termo adequado.
1.1. Os principais factores de metamorfismo são_____A_____, _____B_____, e fluídos de circulação.
1.2. A pressão pode ser devida ao peso das camadas subjacentes, pressão ____A_____, ou estar relacionada com o movimento das placas litosféricas.
1.3. Altas pressões e elevadas temperaturas são factores característicos do metamorfismo _____A_____.
1.4. Diferentes graus de metamorfismo podem ser identificados pela presença de _____A_____, _____B____.

2. As condições que ocorrem na formação de rochas metamórficas são:
A - Compressão e sedimentação
B - Recristalização no estado sólido
C - Solidificação de material fundido
D - Precipitação de substâncias solúveis.
(Seleccione a opção correcta)

3. A cada uma das afirmações faça corresponder o termo mais adequado da chave. Justifique a resposta relativamente as afirmações 1 e 6.   


Afirmações
Frases
1- Também é designado por metamorfismo térmico.
2- O tempo é um factor importante.
3- A pressão e a temperatura actuam conjuntamente como factores metamórficos.
4- É provocado pela instalação de intrusões magmáticas.
5- Verificam-se alterações mineralógicas em rochas preexistentes.
6- Verifica-se à superfície do globo terrestre.
7- Formam-se séries metamórficas relacionadas, com granitos de anatexia.
8- Ocorre estreitamente ligado a existência de zonas fortemente comprimidas e dobradas.
A – Metamorfismo de Contacto
B – Metamorfismo regional
C – Ambos os processos
D – Nenhum dos processos


4. Considere a figura abaixo que representa a implantação de duas intrusões magmáticas em rochas sedimentares a diferentes profundidades.


4.1. Que tipo de metamorfismo ocorre nestas situações?
4.2. As rochas existentes em 1, 2 e 3 são respectivamente:
A - quartzito, mármore, corneana pelítica
B - corneana pelítica, mármore, quartzito
C - mármore, corneana pelítica, quartzito
D - mármore, quartzito, corneana pelítica
(Seleccione a opção correcta)
4.3. Que explicação sugere para o facto de a auréola metamórfica ser menos espessa em A do que em B?

5. Considere o trajecto seguido por um grupo de alunos, durante uma visita de estudo, esquematizado na figura abaixo.

A - Calcários em camadas inclinadas para sul
B - Mármore em camadas quase verticais
C - Rocha constituída por feldspatos alcalinos, quartzo, biotite e anfíbolas, com textura granular
D - Rochas semelhantes a C com indício de forte meteorização química.

5.1. Como explica a formação da rocha encontrada em B?

5.2. Qual o mineral predominante nessa rocha?

5.3. Que lhe sugere o facto de as camadas de mármore estarem quase verticais?

6. No gráfico da figura abaixo estão expressos resultados de uma experência em que uma rocha argilosa foi submetida a condições crescentes de pressão e de temperatura, que se admite existirem a diferentes profundidades. Não houve entrada nem saída de materiais.


6.1. Segundo os dados do diagrama, entre que valores de temperatura e em que condições de profundidade se iniciam os fenómenos de metamorfismo?

6.2. Qual a rocha metamórfica correspondente ao grau de metamorfismo mais alto?

6.3. Na sequência de rochas representada verifica-se uma evolução  textural e mineralógica.
6.3.1. Que aspectos texturais permitem distinguir entre si ardósia, micaxisto e gnaisse?
6.3.2. Na composição mineralógica do gnaisse entra quartzo, feldspato e biotite. Que fenómeno explica a formação destes minerais a partir de rochas argilosas?

6.4. Transpondo os resultados desta experiência para a crosta terrestre, a cada uma das letras assinaladas no esquema faça corresponder as fases ou os processos litogénicos da seguinte lista:

1 - Diagénese
2 - Anatexia
3 - Ultrametamorfismo
4 - Sedimentogénese
5 - Metamorfismo de alto grau
6 - Meteorização




Grupo 5 - Tectónica de placas

1. Complete as frases que se seguem, fazendo fazendo corresponder a cada letra o termo adequado.

1.1. Nos fundos oceânicos existem cadeias montanhosas, as ______A________, e profundas depressões, as _________B_________ oceânicas.
1.2. A litosfera é fragmentada em extensas formações, mais ou menos estáveis, as _______A_______, delimitadas por zonas de actividade vulcânica e _________B________.
1.3. Os fundos oceânicos crescem a partir dos _______A_______ e são destruídos ao nível das ______B________.
1.4. Os Himalaias foram formados devido a colisão entre dois blocos ______A_______.
1.5. Em massas rochosas podem-se observar deformações provocadas por forças resultantes da actividade da Terra. Nas _____A______, o material rochoso apresenta-se ondulado; nas ____B_____, as rochas experimentaram rupturas, com deslocação dos respectivos blocos.

2. Selecione a letra que, em cada uma das situações seguintes, corresponde a opção correcta.
2.1. Uma placa litosférica é formada por:
A - crosta terrestre
B - crosta terrestre e manto
C - manto
D - litosfera e manto

2.2.A expansão dos oceanos ocorre ao nível:

A - das placas

B - das zonas de colisão
C - dos riftes
D -  dos riftes e das fossas.

3. Descubra o intruso, selecionando em cada alínea, a letra que corresponde ao termo/expressão que menos se relaciona com todos os outros.

3.1. A - Dorsal
       B - Fossa oceânica
       C - Destruição da litosfera
       D - Zona de subducção

3.2. A - Expansão do oceano
       B - Fossa oceânica
       C - Dorsal
       D - Rifte

3.3. A - Lava fluída
       B - Corrente de lava
       C - Cone baixo
       D - Dobra

3.4. A - Falha
       B - Dobra
       C - Doma salino
       D - Dique

3.5. A - Sinforma
       B - Anticlinal
       C - Junta
       D - Sinclinal

4. Estabeleça a correspondência entre cada uma das afirmações e um dos termos da chave.




Afirmações
Chave
1 – Deformação caracterizada pela curvatura dos estratos.
2 – Plano que contém as charneiras dos estratos dobrados.
3 – As rochas sob a acção de tensões entram facilmente em rotura.
4 – Deformação descontínua.
5 – Fractura nas rochas em que não ocorre movimento dos blocos fracturados.

A – Comportamento frágil
B – Plano axial
C – Falha
D – Dobra
E – Junta
G – Graben



5. Os esquemas I e II da fig. abaixo evidenciam uma sequência de acontecimentos devida à mobilidade das placas litosféricas


5.1. Faça corresponder a cada uma das letras, a, b, c e d, um dos números relativos às seguintes estruturas:

1 - Crosta oceânica
2 - Zona superior do manto
3 - Oceano
4 - Litosfera
5 - Crosta continental
6 - Dorsal oceânica

5.2. Identifique as estruturas designadas por 1, 2 e 3.

5.3. De I para II ocorreu:

A - expansão do oceano X e do oceano Y.
B - espansão do oceano X e desaparecimento do oceano Y.
C - desaparecimento do oceano X e do oceano Y.
D - espansão do oceano Y e diminuição do oceano X.
(Transcreva a letra correspondente a opção correcta.)

5.4 Que fenómeno ocorre ao nível da zona 1?

5.5. A estrutura 2 corresponde a uma fronteira entre placas. Fundamente esta afirmação.

5.6. Como ocorreu a formação da estrutura 3?

6. O esquema da figura abaixo diz respeito a uma zona situada a oriente de África.


 

 6.1. A África e a Arábia fizeram parte de um continente único. Fundamente esta afirmação com dados da figura.

6.2. Que dados permitem afirmar que o eixo central do mar Vermelho e o do golfo de Adem correspondem a uma dorsal?

6.3. Relativamente ao mar Vermelho, prevê-se que ao longo do tempo: 
A - mantenha as dimensões actuais
B - aumente no sentido da largura
C - diminua, acabando por fechar
D - aumente do lado africano e diminua do lado arábico.
(Transcreva a letra que corresponde a opção correcta)

7. A figura abaixo representa um corte transversal de uma região da Terra.



 7.1. Como se designam as formações assinaladas pelas letras A, B, e C?

7.2. Qual o tipo de crosta que na figura está representada por D?

7.3. Servindo-se dos pontos cardeais este e oeste, indique o sentido em que, provavelmente, as placas representadas por Y e por Z estão a movimentar-se. 

7.4. Dos fenómenos seguidamente referidos, selecione aqueles que podem ocorrer a nível da zona A:

A - Formação de crosta continental
B - Vulcanismo
C - Subducção
D - Formação de crosta oceânica.

8. Analise o gráfico da figura abaixo, que traduz informações recolhidas em sondagens feitas no estudo da secção transversal de um fundo oceânico.




8.1. Refira a idade do basalto em cada uma das seguintes regiões do fundo oceânico:
8.1.1. margem oriental;
8.1.2. parte central;
8.1.3. a 400 km da parte central.

8.2. De que modo os valores encontrados apoiam a hipótese de que o oceano alastra para um e outro lado a partir da parte central da dorsal oceânica?

9. Wegener, no seu livro sobre a génese dos continentes e oceanos, escreveu: "A América do Sul deve ter estado contígua a África a ponto de constituir um bloco único. Este bloco fracturou-se em duas partes que se afastaram no decurso dos tempos, como pedaços de gelo que se partiram e deslizaram na água".

9.1. Que evidências morfológicas estiveram na base da explicação acima indicada?

9.2. Como se designa a hipótese apresentada por Wegener?

9.3.A descrição de Wegener foi alterada a luz da teoria das placas. Efectue essa descrição com base nesta teoria.

10. A medida que as lavas ascendem pelos riftes para a superfície da crosta, formam-se e alastram os fundos oceânicos (ver figura abaixo)




10.1. Compare a idade dos basaltos de um lado e do outro da dorsal.

10.2. Explique a idade crescente do basalto à medida que aumenta a distância à dorsal.

10.3. Sabendo que a superficie da Terra mantém as suas dimensões, em que zonas da Terra se verifica a compensação do alastramento que ocorre ao nível dos riftes?

11. A figura abaixo representa estratos deformados de uma paisagem montanhosa.




11.1. Que dados permitem afirmar que os estratos experimentaram deformações?

11.2. Classifique o tipo de deformação representado.

11.3 Se as forças a que os estratos estiveram submetidos tivessem ultrapassado a resistência dos materiais, que ocorreria no local referenciado?