quinta-feira, 31 de outubro de 2013

CPRM avalia argilas em Minas Gerais

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) está executando mais um projeto na área de minerais e rochas industriais, desta vez através da Superintendência Regional de Belo Horizonte (Sureg-BH), denominado Estudo das Argilas dos vales dos rios Doce, Jequitinhonha e Mucuri em Minas Gerais.
A iniciativa segue a programação definida pela Diretoria de Geologia e Recursos Minerais e pelo Departamento de Recursos Minerais (DEREM).

cprm-lavra-argila-eng-caldasLavra de argila no município de Engenheiro Caldas

O objetivo do projeto consiste na prospecção, caracterização mineralógica e tecnológica de argilas brancas e vermelhas na região leste-nordeste de Minas Gerais, com foco em argilas sedimentares e argilas supergenas oriundas de leucogranitos aluminosos. A caracterização dessa matéria-prima será realizada tanto em jazidas conhecidas quanto em áreas inexploradas e visa avaliar a viabilidade técnica para implantação de polos cerâmicos nessas regiões.
Foi realizada ainda, uma etapa de campo, pelos pesquisadores em geociências Marcelo Marinho, da Gerência de Geologia e Recursos Minerais e chefe do projeto e por Ruben Sardou, chefe da Divisão de Minerais e Rochas Industriais, nos municípios de Governador Valadares, Engenheiro Caldas e Alparcatas.
Também foi efetuada uma visita a Universidade de Ouro Preto-MG (UFOP) objetivando conhecer as instalações do laboratório de ensaios tecnológicos e análise químicas de argilas.
cprm-expectrometro-fluorescencia-ufopEspectrômetro de fluorescência de raio-X na UFOP

cprm-difratometro-raiox-ufop
Difratômetro de raio-X argilas no laboratório da UFOP